O projeto Horizonte 2 de ampliação da unidade da Fibria, em Três Lagoas (MS), tornou a planta uma das maiores do mundo de produção de celulose.

A fim de atender as empresas envolvidas na execução da obra, como a Fortes Engenharia, HTB, Afonso França Engenharia, Cesbe, A. Yoshii Engenharia e Construções, Tucumann Engenharia e Lavita Engenharia Civil, a SH, empresa de locação de fôrmas e escoramento, forneceu algumas soluções nos diversos trechos, gerando aumento de produtividade e qualidade de obra.
Entre essas soluções, incluem-se os equipamentos Concreform SH, Tekko, Topec SH, LTT, LTT Extra, andaime Modex, andaime fachadeiro, escada modular, Lumisystem, além de tubos e braçadeiras. Carlos Batalha, gerente comercial da SH, conta que a obra é pioneira no Brasil no uso de paredes pré-moldadas na execução da estação de tratamento de efluentes (ETE).
“Estudamos a seis mãos com a empresa Fortes Engenharia uma solução de estroncamento de placas de quase 11 m de altura com pesos que chegam a mais de 27 t. Como solução de escoramento dessa estrutura, utilizamos um dos equipamentos maissofisticados da SH, o Lumisystem escoras de alumínio com 10 m de comprimento contraventadas com frames para dar rigidez ao conjunto”, explica o gerente comercial.
A previsão é que a nova linha de produção da Fibria entre em operação até o final deste ano.

Fonte: Revista O Empreiteiro – https://revistaoe.com.br/ampliacao-da-fibria/