Além de Minas Gerais, a empresa especializada em aluguel de galpões e condomínios logísticos, tem planos de construção em outros estados

A Log Commercial Properties, acaba de rever, mais uma vez, seu plano de expansão. Lançado em 2019, o plano da empresa especializada em aluguel de galpões e condomínios logísticos, que tem os donos da MRV como principais acionistas, previa investimentos de R$ 1,5 bilhão entre 2020 e 2024, para a construção de 1 milhão de metros quadrados. Agora, a estratégia prevê aportes de R$ 2,5 bilhões e a construção de 1,5 milhão de metros quadrados.

Anúncio dos investimentos a serem realizados

O CEO da Log, Sérgio Fischer, disse anteriormente que embora ainda fosse cedo para entender como a demanda iria se comportar no restante do ano, a empresa já prospectava terrenos em novas regiões para construção de galpões para além dos 1 milhão de metros quadrados de Área Bruta Locável (ABL) previstos. Ele citou a expansão do plano em 50% ou até em dobro, o que significaria aportes de R$ 3 bilhões.

Sérgio Fischer diz que “Esta já é a segunda revisão de um plano lançado pouco antes do enfrentamento à pandemia. E seguimos negociando novos negócios. A demanda por galpões logísticos por empresas do varejo está bastante aquecida diante do boom do e-commerce desde meados do ano passado. Temos a maior carteira de clientes do setor e muitos deles buscam locais em outras regiões. Isso nos levou, no último trimestre, a mais algumas capitais e hoje estamos em Minas Gerais e mais 16 estados do Brasil”.

Construção em uma área em Betim, estado de Minas Gerais

Nos últimos três meses, a empresa assinou contrato de BTS de 95,7 mil metros quadrados de ABL no Parque Industrial de Betim (RMBH), para atividade de e-commerce, com início de construção das obras previstas para os próximos meses. “Tamanha velocidade de execução do plano de expansão que metade do plano será entregue até o fim do ano que vem. Isso significa que até o fim de 2022 teremos 750 mil metros quadrados de ABL já locados“, revela.

Veja ainda: Cervejaria Heineken irá iniciar obras de construção da nova fábrica, no estado de Minas Gerais

As obras para a construção da nova fábrica da Heineken, em Pedro Leopoldo, no estado de Minas Gerais, estão prestes a começar. Seis meses após o anúncio oficial da instalação de uma fábrica da Heineken no estado, a empresa está no aguardo da emissão de licenças por parte da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais.

A empresa Tucumann Engenharia, da cidade de Curitiba, no Paraná, irá executar as obras e já disponibiliza vagas para a execução de atividades de terraplanagem e drenagem no terreno que receberá a fábrica. O novo empreendimento da Heineken em Minas Gerais já recebeu aportes de R$ 1,8 bilhão e será a 16ª fábrica do grupo no Brasil.

Em maio, foi noticiado que a cervejaria Heineken já havia adquirido um terreno do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), teria comprado uma área da Precon Engenharia, e negociava outras ao redor. Na época, a empresa não comentou o assunto, mas a reportagem teve acesso a documentos e informações que indicam que a construção será nas proximidades de onde seria o empreendimento. Uma fonte relacionada às negociações, que pediu para não ser identificada, detalhou que a instalação da cervejaria ocorrerá em uma junção de quatro terrenos.

FONTE: https://clickpetroleoegas.com.br/em-minas-gerais-a-log-commercial-ira-realizar-investimento-de-r-25-bilhoes-e-tem-projetos-para-a-construcao-de-novos-empreendimentos/amp/