O tão sonhado asfalto ligando os municípios de Coronel Domingos Soares a Palmas, no Sudoeste do Estado, vai se tornar realidade no início do segundo semestre deste ano. O Governo do Paraná publicou nesta quinta-feira (03) no Diário Oficial do Estado o resultado final da licitação para pavimentação da PR-912.

É a primeira concorrência do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, que receberá investimentos de R$ 1,4 bilhão, entre recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e contrapartida do Governo do Estado.

“Esta obra é o exemplo do esforço que o governo estadual faz para dotar o Paraná da melhor infraestrutura rodoviária”, ressalta o secretário da Infraestrutura e Logística, Abelardo Lupion. Ele destaca que a determinação da governadora Cida Borghetti é para que as obras aconteçam em todo o Estado.

A Tucumann Engenharia e Empreendimentos Ltda. foi declarada vencedora pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), com proposta de R$ 49,9 milhões. O valor representa um desconto de 26,2% em relação ao teto deste edital, que era de R$ 67,7 milhões. Duas propostas com preços inferiores foram inabilitadas pela comissão de licitação por não atenderem a requisitos do edital.

Segundo o engenheiro do DER-PR Glauco Tavares Lobo, coordenador da Unidade de Gestão do Programa do BID, a chegada do asfalto vai trazer desenvolvimento e alavancar a economia local. “É uma obra muito importante para toda a região. Todos que trafegam entre Palmas e Coronel Domingos Soares serão beneficiados”, destaca.

RECURSOS – Já está correndo o prazo de cinco dias úteis para que os participantes possam protocolar recursos administrativos, caso tenham alguma contestação em relação ao resultado da licitação. “Concluída essa etapa, esse prazo para recursos, poderemos homologar o vencedor e partiremos para a assinatura do contrato”, explica Lobo. Na sequência, será emitida a ordem de serviço para início da obra.

DETALHES – Coronel Domingos Soares é um dos quatro municípios do Paraná que não têm ligação asfáltica com a malha rodoviária estadual. Serão 27,1 quilômetros de pavimentação, entre o final do asfalto da Avenida Araucária e o entrocamento da PR-449.

O investimento compreende terraplenagem, drenagem, pavimentação da rodovia, ciclovias, remanejamento de interferências, sinalização, obras complementares (cercas, passeios, lombadas, defensas, abrigos de parada de ônibus), paisagismo, desapropriação e melhorias ambientais. Os trabalhos terão duração de 20 meses.

OUTRAS OBRAS – O DER-PR também já encaminhou para o BID os relatórios finais das licitações para pavimentação da PR-090, de acesso ao Contorno Norte de Castro (PR-340), numa extensão de 2,6 quilômetros e, também, de 43,1 quilômetros da PR-239, entre Pitanga e Mato Rico – outro município que aguarda há tempos a inédita ligação asfáltica. Nas próximas semanas será lançado o edital para asfaltamento de 47,7 quilômetros da PR-364, entre Irati e São Mateus do Sul.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

FONTE: http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=98164