Urubici/Grão-Pará, 13.10.14 – Um dos principais cartões-postais de Santa Catarina ficará fechado por um ano a partir de terça-feira. Localizada entre Urubici e Grão-Pará, a Serra do Corvo Branco (SC-370) passará por uma grande obra de revitalização e, quando for reaberta, contará com um asfalto que deve impulsionar ainda mais o crescente turismo na região.
Antigo sonho dos moradores, produtores e empreendedores do setor turístico, a pavimentação asfáltica da serra é a continuidade dos trabalhos que foram iniciados há seis anos na antiga SC-439 e que já resultaram em asfalto nos trechos de Urubici ao Corvo Branco (SC-370) e de Urupema à BR-282 (SC-112). A previsão é de que toda a pavimentação do Corvo Branco fique pronta em 2016. As obras nos 9,3 quilômetros custarão R$ 36,1 milhões.
Aberta ao tráfego de automóveis em 1980 e com 600 metros pavimentados em 1990, o Corvo Branco tem um dos maiores cortes em rocha do Brasil, com 90 metros de altura. O trecho a ser fechado a partir de terça-feira tem seis quilômetros de extensão e fica entre a comunidade de Aiurê, em Grão-Pará, e o alto da montanha.
Em nota, o consórcio Seta-Tucumann 2 esclarece que a medida é necessária para a execução de trabalhos de drenagem, terraplanagem e solo grampeado no trecho.
O Deinfra explica que, como a atual pista é muito estreita e em alguns pontos sequer permite a passagem de dois veículos ao mesmo tempo, o trecho será interditado por completo para qualquer tipo de trânsito, pois é a única maneira de garantir segurança aos operários e usuários da SC-370.
Como toda obra, especialmente rodoviária, gera transtorno, é inevitável que o turismo seja impactado enquanto a Serra do Corvo Branco estiver interditada. O presidente do Conselho de Turismo da Serra (Conserra), Sérgio Lima, diz que o setor prevê uma queda de 15% a 20% no número de visitantes nos próximos 12 meses na região. Só Urubici recebe, em média, 140 mil pessoas por ano.

Fonte: Pablo Gomes/ Diário Catarinense

FONTE: http://fetrancesc.sddg.com.br/noticia/1491301862-trecho-da-serra-do-corvo-branco-ficara-um-ano-fechado-para-obras-de-revitalizacao-a-partir-de-terca-feira