Copel aprova criação de Paraná Gás Exploração e Produção

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho de Administração da Copel, empresa paranaense de energia, aprovou a criação da Paraná Gás Exploração e Produção, sociedade de propósito específico que irá atuar em atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural convencional em blocos da Bacia do Paraná.

A SPE, formada por Copel, Petra Energia, Bayar Empreendimentos e Participações e Tucumann Engenharia e Empreendimentos, será responsável pela exploração de gás natural em quatro blocos arrematados na rodada de licitações da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) realizada no final de 2013.

Os blocos ficam na região de Pitanga e Pato Branco, no Paraná.

A constituição da SPE foi aprovada pelo Conselho em reunião na quarta-feira, segundo ata de reunião apresentada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), e a solenidade de lançamento da SPE ocorre nesta quinta-feira.

Em maio, a Copel assinou os contratos de concessão para estudos exploratórios nos blocos 300 e 309 e, com isso, obteve autorização da ANP para iniciar as atividades nessas áreas. Já para os blocos 308 e 321, a companhia aguarda prazos da ANP para a assinatura dos contratos de concessão, informou a assessoria de imprensa da empresa.

Por Anna Flávia Rochas; Edição de Marcela Ayres

FONTE: https://www.reuters.com/article/negocios-energia-copel-parana-idBRKBN0HD1MB20140918


COPEL CRIA EMPRESA PARA EXPLORAÇÃO DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL NO PARANÁ

O Conselho de Administração da Copel aprovou a criação da Paraná Gás Exploração e Produção, Sociedade de Propósito Específico (SPE) formada com a Petra Energia, a Bayar Empreendimentos e a Tucumann Engenharia e Empreendimentos para atuar em atividades de exploração e produção em blocos da Bacia do Paraná. O projeto visa, prioritariamente, gerar energia térmica.

A Paraná Gás Exploração e Produção detêm quatro blocos exploratórios de gás natural no estado, arrematados por R$ 10 milhões na 12ª rodada de licitações, realizada no ano passado. O investimento inicial é de R$ 80 milhões. Os blocos ficam na região de Pitanga e Pato Branco. As participações na nova companhia estão dividas em 30% para a Copel, 30% para a Petra Energia, 30% para a Bayar Empreendimentos 10% para a Tucumann Engenharia.

 

FONTE: https://petronoticias.com.br/copel-forma-empresa-para-exploracao-de-petroleo-e-gas-natural-no-parana/


Copel, Petra, Bayar e Tucumann criam a Paraná Gás

Os sócios Copel, Petra Energia, Bayar Empreendimentos e Participações e Tucumann Engenharia e Empreendimentos formalizaram nesta quinta-feira (18/09) a criação da Paraná Gás Exploração e Produção. A companhia, sob a forma de sociedade de propósito específico (SPE), atuará nas atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural convencional em blocos da Bacia do Paraná.

O conselho de administração da Copel também informou nesta quinta-feira, em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que Jonel Nazareno Iurk foi indicado ao cargo de conselheiro de administração titular da SPE.

As quatro companhias formaram consórcio que participou e saiu vencedor da 12ª Rodada da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), realizado em novembro de 2013. Juntas, arremataram quatro blocos do segundo setor da bacia da Paraná, o SPAR-CS. O consórcio, na época, era liderado por Copel, Petra e Bayar, cada qual com 30% de participação. A Tucumann detinha os 10% restantes.

O investimento mínimo previsto nos quatro blocos somava R$ 78,1 milhões. Já o bônus pago no leilão totalizou R$ 12,48 milhões. Na mesma rodada, Petra e Bayar ainda arremataram outros três blocos, mas desta vez sem a parceria de Copel e Tucumann. Cada empresa ficou com 50% de participação no consórcio que arrematou blocos no setor SPAR-CN.

FONTE: https://epocanegocios.globo.com/Informacao/Acao/noticia/2014/09/copel-petra-bayar-e-tucumann-criam-parana-gas.html