Novo porto vai entrar em operação no primeiro semestre de 2025 (foto: Divulgação)

Novo porto privado em construção em São Francisco do Sul tem estimativa de início de operações em abril de 2025, com estimativa de movimentação de seis milhões de toneladas anuais. O Terminal de Granéis de Santa Catarina (TGSC) está sendo instalado no Morro Bela Vista, em área próxima ao porto de São Francisco do Sul. O investimento será de R$ 430 milhões.

O TGSC, um terminal de uso privado (TUP), teve início das obras no ano passado. Neste momento, estão sendo instaladas fundações das estruturas no setor do mar (offshore). Também estão sendo montadas as estruturas metálicas nos módulos por onde passarão das esteiras de transporte de cargas. Há obras também em terra, como bases dos transportadores e edificações, entre outras.

O píer terá 255 metros de comprimento, com dois berços de atracação. A capacidade de armazenamento na retroárea será de 135 mil toneladas de granéis, com armazém horizontal e seis silos verticais. O TGSC terá foco na movimentação de soja, milho e farelo. O início das operações do porto no ano que vem é levado em conta nas projeções de ampliação do movimento de cargas no Complexo Portuário de São Francisco do Sul, conforme a versão preliminar do plano mestre, em fase de consulta pública desde o dia 10.

A projeção do plano mestre prevê avanço de 77% até 2035, podendo chegar a 109%, em cenário mais otimista. O complexo na Babitonga é formado pelo Porto de São Francisco do Sul (cais público e TESC), Porto Itapoá e Terminal Gás Sul, perto de entrar em operação, além do TGSC. Em São Francisco do Sul, outros dois terminais de uso privados, o Terminal Graneleiro da Babitonga e Terminal Mar Azul, têm licença da Secretaria Nacional dos Portos.

 

FONTE: https://www.nsctotal.com.br/colunistas/saavedra/como-estao-as-obras-de-construcao-de-novo-porto-em-sao-francisco-do-sul

author avatar
leonardo@bebarra.com.br